*



*

Princípio da submissão

Não sou tua submissa porque Te amo.

Te amo porque sou tua submissa.


Amar Yasmine

*


Minha Alma

Eu amo minha alma despojada



Minha doce alma submissa



Minha alma que espera.. espera.. espera



Minha alma que espera quieta, subserviente e nua



Eu amo esta minha alma



Que de tão devassa e suja



Se torna pura



Amar Yasmine

*







1 de out de 2010

Pérolanegra




Eu a conheci há pouco tempo, mas parece que já se passaram anos. Gostei dela de imediato. É linda, muito sensível e, ao mesmo tempo forte. Conversamos muito sobre música (ela é musicista), também sobre poesia, artes em geral e, claro, sobre entrega e servidão.

Pérolanegra é submissa e escrava do Monjh - Senhor dos muitos nomes, amigo muito querido. Os dois moram num espaço lindo e confortável dentro do meu coração.

Trouxe para o blog um dos poemas que esta menina escreveu e que eu gostaria muito de ter escrito para o SENHOR DEXPEX, AMADO DONO de tudo em mim.



Anseios


eu só quero estar onde Estás,

viver da Tua presença

estar aos Teus pés, em Teu colo,

em Teus braços, como quiseres...

junto a Ti, em todo o tempo

mesmo que me desejes apenas

pra me torturar com Teu silêncio



ainda que seja apenas pra saberes

que estou ali, no meu lugar

ainda que nada mais que isso

queiras de mim, nesse momento

meu prazer é estar à Tua mercê...

disponível... à Tua mão

o importante pra mim é estar Contigo



ser Teu céu, Teu chão...

ser a cama em que Te deitas

ser o motivo do brilho em Teus olhos

e do sorriso incontido em Teu rosto

ser Teu bálsamo e também Teu pecado...

ser o que Te lava a alma

e também o que a condena...



enfim, ser Tua... e toda Tua,

como sempre

durante a eternidade

que essa relação conhecer.


Pérolanegra
(submissa e escrava em treinamento
de Monjh - Senhor dos Muitos Nomes)

8 comentários:

{umbra}_MD disse...

Que poema lindo!!!
Tão intenso,tão revelador da nossa essencia, como escravas de nossos Donos.
E ao mesmo tempo,tão simples!!!

Obrigada querida por partilhares este lindo poema.

Beijos doces.

{umbra}_MD

Catlin disse...

uauu...que poema linda, intenso!!!

Mostrando quem realmente somos!!


Beijos docess

Miss Tery disse...

Oi Amar, querida!!!

Tenho reparado q o q é belo, vc sempre traz para nós. Sejam coisas q veem de sua alma.. ou de alguma alma submissa.
Lindo esse poema.. qt emoção e quanta verdade submissa.

Parabéns pelo seu olhar, e pelo seu "garimpar" na net.. kkkkk

Saudações ao DEXPEX.
Beijocas M.Tery

Miss Tery disse...

Ahhhhhhhhh.. a musica tá q é "tudibão"

{ternura}_WOLFMAN disse...

ola querida amar, menina peso ouro da submissão,

eu tbm tive vontade de ter escrito um desse ao Dono de mim, como não sou tão boa nas palavras assim, fico na vontade..rs

com certeza, não duvido da magnitude do ser dessa submissa, pois retratou tão intensamente nossos desejos, parabéns menina Pérolanegra!!!

bjkas ternas
{ternura}WOLFMAN

{Λїtą}_ŞT disse...

Oi amada,

concordo, afirmo, reafirmo e confirmo o que disseram acima.
Se você não está escrevendo, está sempre garimpando alguma coisa linda para postar aqui e mexer com nossos sentimentos.
De fato o poema da Pérolanegra reflete aqueles sentimentos que temos mas que não conseguimos transmitir em versos tão bonitos e intensos.
Parabéns a ela, toda sorte, felicidade e prazeres do mundo aos pés do Sr Monjh... e obrigada a você por compartilhar aqui esta pérola da Pérolanegra (trocadilho horrososo, mas sincero).
Beijos meus.

sub_ ísis disse...

Amada passando para te desejar um grandioso fds, e te dizer da linda escolha do poema.
E da sua submissão que exala de sua pele de seu interior!
saudades
brijos perfumados

sub_ísis

Pérolanegra disse...

{Amar Yasmine}_DEXPEX, mon amour...

Desde que soube desse seu gesto, de publicar o meu poema, principalmente da forma como fez, venho pensando, em como comentar, agradecendo à altura. Ô coisa difícil, isso, ma cherìe! (risos)

A verdade, é que houve um encontro maravilhoso de almas sensíveis quando nos conhecemos; no abraço, isso ficou bastante claro. Mesmo parecendo clichê, é verdade, parece mesmo que nos conhecemos a vida toda, sem perder nenhum capítulo da vida uma da outra...(risos)

Dizer que me sinto muito honrada pelo seu gesto, ainda seria pouco, diante das doces palavras usadas por você ao se referir ao meu DONO e a mim.
Assim sendo, torno a dizer que muito me honrou, por ter escolhido algo que eu escrevi, para integrar seu blog que além de ser de extremo bom gosto, é tão bem frequentado; não poderia ser diferente, né?

Aproveito para agradecer, à suas leitoras, todos os comentários, tão delicados, inclusive os votos de felicidade, aos pés do meu Senhor Monjh, lugar onde me encontro realmente feliz.

Je vous remercie, ma bien-aimée, pour toute la chaleur, la gentillesse, le respect et l'honneur que vous obtenez toujours, deux fois, vous redonner tout. Bisous.

Pérolanegra - submissa e escrava em treinamento de Monjh - Senhor dos Muitos Nomes.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails