*



*

Princípio da submissão

Não sou tua submissa porque Te amo.

Te amo porque sou tua submissa.


Amar Yasmine

*


Minha Alma

Eu amo minha alma despojada



Minha doce alma submissa



Minha alma que espera.. espera.. espera



Minha alma que espera quieta, subserviente e nua



Eu amo esta minha alma



Que de tão devassa e suja



Se torna pura



Amar Yasmine

*







14 de jul de 2011

La petite mort



Eu adoro sexo, sempre adorei. Mesmo quando não sabia ainda o que era o orgasmo, que eu prefiro chamar de gozo.

A primeira vez que gozei achei que estava morrendo e choreiiiiiiiiiiiiiiiiiiii... Eu tinha 14 e ele 45... era um homem maravilhosamente ordinário o meu dentista.

Ele subiu minha saia até a cintura, arrancou minha calcinha, abriu minhas pernas e ficou olhando... eu não sabia mas já adorava ser escancarada e olhada. Ele fez isso e começou a beijar minhas pernas... subindo pela parte interna das coxas... me roçando a pele com seu bigode ruivo, atrevido e macio.

E eu pensei: "será que ele vai colocar a boca lá???"

Não estranhem, eu vivia trancafiada por pais muito conservadores e rígidos que me vigiavam 24h por dia. Mas, como diz o diabo, nada segura uma mulher com tesão... nem mesmo quando ela é apenas uma menina. Eu não ía sozinha a nenhum lugar, mas ele era dentista de toda a família e eles tinham certeza que ele era sério.

Sua boca subindo ávida pelas minhas coxas e eu pensando que aquilo não podia existir porque ninguém colocaria a boca no sexo de outra pessoa... Mesmo assim, deixei que ele se regalasse em mim, sem dizer uma só palavra. E o medo que eu estava de falar e ele parar de fazer coisa tão boa? Por isso, fiquei imóvel e muda..

Que o mundo acabasse naquela hora! Era tudo que eu queria. Pra que viver depois de uma maravilha daquelas?

Ele levantou minhas pernas até que os joelhos tocassem meus seios e as manteve flexionadas e escancaradas. Degustou meus líquidos com absoluta calma e prazer. Afundou a língua macia tentando me invadir, alternando com movimentos suaves em volta do grelo, bem de leve... do jeitinho que deve ser uma boa chupada.

E foi num átimo que o gozo chegou e me pegou de cheio.

Estaria eu morrendo? O choque surpreendente.. O coração voando louco.. O sangue circulando velozmente por todo corpo.. Meu rosto que eu sabia rubro... todo meu ser derramando labaredas.. O amolecimento.. A incapacidade de esboçar qualquer reação.. O entorpecimento.. A calma.. A paz!

Me esvasiei de chorar por baixo e por cima.. sim, eu solucei de prazer e de medo... medo de morrer... e eu estava, sim, morrendo.

_Calma, menina, esta não é a morte derradeira, é apenas "la petite mort", como chamam o gozo, os franceses.

E os poucos meus soluços se transformaram num suave ressonar junto ao peito dele.

5 comentários:

{suu}_ disse...

Aii Amar que diiiliciia ler vc !! Confesso que me deu um mega Tesão aqui, acho que e pq o proibido me atrai muito !! kkkkkkkkkkk

Linda sempre venho em seu blogg mas nunca comento pq te acho tão tão tão sabia em suas palavras . que tenho medo de falar bobagens ..rsss..
mas hoje nao teve como vim e deixei minha marquinha por aqui ..

adoro ler vc !

Bjuss carinhosos da {suu}_DOMRT

{Λїtą}_ŞT disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cleo simplesmente disse...

entao ne....rsss...safadinha ate vc...
linda descrição..mas me fala..o tal dentista? precisando urgente marcar uma consultinha de "avaliação"...
beijos te adoroooo

{Lilith }SR. LUCIUS ∆Ω disse...

Querida tem um presentinho para você no meu cantinho .Beijos carinhosos
http://lilithsubmissa.blogspot.com/

{layla} cadela de Dom Backo disse...

querida amiga amar,
Ler você é entrar no mundo escondido mas nunca esquecido de minhas devassidões vividas, sonhadas, imaginadas. Assim nos irmanamos, não apenas na submissão, mas na forma de sentir essa magia que é o Sexo em toda sua plenitude.
Beijos, minha querida.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails